Estado de São Paulo promove lançamento do Arquivo Público Digital

portalnbo
portalnbo
3 Min Read



Evento nesta quinta-feira (17) celebra ainda os 130 anos de existência do Arquivo Público do Estado de São Paulo (Apesp)



Em comemoração aos seus 130 anos de existência, o Arquivo Público do Estado de São Paulo (Apesp) realiza nesta quinta-feira (17), a partir das 14h, o evento de lançamento do Arquivo Público Digital, no auditório do Apesp, na capital paulista.

Nos últimos dois anos, o Arquivo desenvolveu um repositório seguro não só para os representantes digitais dos documentos de seu amplo acervo, mas uma solução que dará conta dos documentos nato-digitais e digitalizados produzidos hoje no âmbito da administração pública paulista.

Frente à instabilidade e efemeridade dos documentos digitais, essa medida garante que os documentos públicos nato-digitais sejam preservados para o futuro em sua integridade e autenticidade. Poucos arquivos no mundo possuem os recursos e ferramentas para cumprir esta missão atualmente.

A digitalização e disponibilização de acervo aumentou em grande escala, e o sinal disso é o processo em curso de digitalização das mais de dois milhões de fichas do DEOPS (Departamento de Ordem Política e Social), um dos acervos mais consultados do APESP. Até o final do processo, haverá quatro vezes mais fichas digitalizadas em relação às 300 mil fichas acessíveis atualmente.

Também já estão digitalizados 25 mil exemplares do jornal Última Hora. O Arquivo pretende ter cerca de cinco milhões de documentos digitalizados e disponíveis de múltiplas formas em seu acervo nos próximos meses.

Nos últimos anos houve aumento em escala de recolhimentos de acervos, alguns deles classificados como patrimônio documental da humanidade, como o do Departamento de Obras Públicas (DOP), o do Complexo Hospitalar do Juquery (em processo de recolhimento), o acervo do Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo (CONDEPHAAT), entre outros.

A criação de um Arquivo Público Digital permite também uma agência soberana e estratégica integrada a uma expansão de acervo digital que não necessariamente se reduz à reprodução do arquivo físico, tal como foi feito com a incorporação de quase 1 milhão de páginas de prontuários relativos à história da Hanseníase no estado. Também merece destaque os roteiros da TV Tupi, pertencentes à Cinemateca Brasileira.

Ricardo Macario

PUBLICA

Share this Article
Leave a comment
YGYGYGYGYGYGYGY (Copia)