Festival IMuNe leva shows para o metaverso – ANF

portalnbo
portalnbo
5 Min Read
A transmissão do festival na Cidade Alta destaca o protagonismo negro na música com shows de Djonga, Bia Nogueira, Guxta, Afronta MC e mais

Djonga. Foto: divulgação

No dia 23 de novembro, a 2ª edição do Festival IMuNe acontece agora no metaverso, com transmissão dos shows na Cidade Alta – o maior ambiente do metaverso do Brasil. Será o primeiro festival de música preta a ser transmitido dentro deste universo digital no mundo. A programação de shows traz o rapper Djonga, que acaba de lançar o disco “O Dono do Lugar”, a multiartista Bia Nogueira, Raphael Sales, Cleópatra, Maria Baldaia, o rapper e digital influencer Guxta e a rapper travesti Afronta MC.

O show do novo disco do Djonga foi apresentado até agora apenas no festival IMuNe, oportunidade exclusiva para quem assistir a transmissão no metaverso. A transmissão do festival, para quem estiver fora da Cidade Alta, pode ser acompanhada através da transmissão ao vivo do Coletivo IMuNe em seu canal do youtube.com/imuneoficial.

Além dos shows, a programação do IMuNe no metaverso também traz o lançamento do clipe da Bia Nogueira em parceria com a cantora e influencer, Bela Maria.

A edição 2022 do Festival IMuNe tem duas etapas, a presencial já realizada em Belo Horizonte (de 31/10 a 2/11, onde houve o registro dos shows), junto com a 1ª edição da SeMPre (Semana de Música Preta), trazendo mentorias, pitchings, showcases e painéis com nomes do mercado musical.  Agora será no ambiente online, com a transmissão dos shows no metaverso.

Programação.

A cena musical preta de Belo Horizonte é uma das mais ricas do Brasil e foi pensando em evidenciar esses talentos que surgiu o Coletivo IMuNe (Instante da Música Negra), que então deu origem ao Festival, que se expande para o ambiente online novamente, para atingir um público maior, podendo ser visto de diversas localidades.  O IMuNe ganha também um espaço fixo na Cidade Alta do metaverso.

Show IMuNe. Foto: divulgação

Idealizado por Bia Nogueira, o coletivo de artistas tem como objetivo criar e abrir espaços para que artistas da música negra possam projetar os seus trabalhos. Bia comenta sobre a realização do evento: “A ação no metaverso  espera criar pontes com o universo gamer, além de fomentar o debate sobre a presença e o acesso de pessoas pretas a ele. O IMuNe está sendo realizado com financiamento público, fundamental para execução de projetos que tem a luta antirracista como principal objetivo, para inclusive debater sobre os espaços que nos são negados historicamente”.

O Festival IMuNe é realizado com recursos da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais, Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte e patrocínio da CEMIG e MGS e Funarte. A ação não tem fins lucrativos.

Sobre a Cidade Alta

O servidor Cidade Alta nasceu em 2020 e, desde então, vem se consolidando como o maior e mais assistido servidor GTA RP brasileiro. A Cidade Alta constrói um terreno fértil para cases de sucesso a partir de parceria com grandes empresas que querem adentrar no metaverso, uma vez que, a Cidade possui um fluxo e audiência de 100 vídeos diários e 2 milhões de visualizações, além de ser palco para mais de 700 streamers que fazem lives diariamente na plataforma em suas redes sociais.

SERVIÇO

Festival IMuNe no Metaverso

Data: 23 de novembro (quarta-feira)

Onde: Cidade Alta, no metaverso

Horário: 19h início da transmissão com batalha de rimas e 20h os shows.

Duração: 60 minutos (transmissão online dos shows)

Link Transmissão externa: www.youtube.com/imuneoficial

ProgramaçãoAvelin Buniacá Kambiwá

Djonga

Bia Nogueira

Raphael Sales

Cleópatra

Maíra Baldaia

Guxta

Afronta Mc

+

Lançamento do clipe da Bia Nogueira feat. Bela Maria

Acesse www.instagram.com/coletivoimune

Também no Facebook, Twitter e TikTok como @coletivoimune e no Youtube como /imuneoficial .

ANF

Share this Article
Leave a comment
YGYGYGYGYGYGYGY (Copia)