Passeio à beira do hospício – ANF

portalnbo
portalnbo
1 Min Read

Bolsonaristas rezam o Pai Nosso em Brasília.

Quem circula pelo acampamento no Setor Militar Urbano de Brasília, como fiz de carona no carro da amiga Márcia, pode chegar à conclusão de que é um sucesso absoluto a manifestação pró-Bolsonaro. Nada mais enganoso. Proporcionalmente, há mais banheiros químicos do que pessoas de amarelo, mais barracas de ambulantes, vendedores de camisetas amarelas, patuás, pés de coelho, trevos de quatro folhas e santinhos do que gente irada pro-Bolsonaro. Aliás, observando as imagens colhidas ao acaso através da janela do carro é fácil perceber que falta densidade, ou quórum, à manifestação; e mais além: quando você conversa com um exemplar bolsomínio padrão, morador de Pato Branco ou Maringá, você tem a certeza de que não está falando com uma pessoa de carne e osso, mas com um avatar, clone, uma persona, aliás. Na verdade, vivemos em realidades muito distantes, o dilema dele é se Alexandre de Morais é glabro ou se cultiva a navalha na cabeça. Já o meu é simples: enquanto uma trapizonga, barraca se monta e desmonta facilmente, eu quero saber quem desmonta o circo do Forte Apache sem desrespeitar a constituição.

s

ANF

Share this Article
Leave a comment
YGYGYGYGYGYGYGY (Copia)