Rodrigo Garcia entrega sistema de monitoramento do Metrô com inteligência artificial

portalnbo
portalnbo
4 Min Read

O governador Rodrigo Garcia entregou nesta segunda-feira (21), no Centro de Controle Operacional do Metrô, o novo Sistema de Monitoramento Eletrônico (SME3) na Linha 3-Vermelha, com a utilização de câmeras inteligentes para ampliar a segurança e melhorar o atendimento aos passageiros.

“Estamos entregando um upgrade no sistema de monitoramento por câmeras inteligentes que serão usadas para a segurança do Metrô e para pessoas desaparecidas. O objetivo é olhar para a segurança das pessoas cumprindo rigorosamente a Lei Geral de Proteção de Dados, usando um sistema de inteligência artificial a favor da sociedade. E fico feliz que a gente inaugura firmando um convênio importante com a prefeitura, para ajudar a polícia na busca de pessoas desaparecidas”, disse Rodrigo Garcia.

As 18 estações da Linha 3-Vermelha e os pátios Itaquera e Belém receberam 1.381 câmeras que agora estão integradas a um sistema único para o uso dos recursos de inteligência artificial. São 945 novas câmeras que foram instaladas e outras 436 câmeras digitais que já faziam parte do parque de monitoramento.

Esse projeto retira as câmeras analógicas das estações e integra, por meio de uma nova rede de transmissão de alta capacidade, todo o sistema a um novo servidor no Centro de Controle, que conta com os softwares de análise das imagens, memória de 6,5 Pb (Petabyte) e capacidade de armazenamento das imagens por 30 dias.

Além de reduzir a quantidade de locais não monitorados das estações e agilizar a análise das imagens, o novo sistema vai gerar benefícios com os recursos de inteligência artificial. Um dos principais ganhos será com a emissão de alertas em tempo real para a central de controle em situações de acesso a áreas não permitidas (entrada na via ou passarela de emergência, por exemplo), crianças desacompanhadas ou objetos suspeitos deixados nas estações, identificação de animais perdidos e até mesmo a contagem de pessoas para auxiliar em estratégias de operação.

O uso da inteligência artificial também possibilitará a cooperação com a Prefeitura de São Paulo e com a Secretaria de Segurança Pública, por meio de convênios que serão elaborados, para a integração do SME3 com os bancos de dados desses órgãos que vai permitir a busca por pessoas desaparecidas e procurados pela Justiça.

As novas câmeras serão colocadas gradualmente nas linhas 1- Azul e 2-Verde. Nesta última, a instalação começou em novembro nas estações Alto do Ipiranga, Sumaré e Vila Madalena, com previsão de concluir a colocação em toda linha em outubro de 2023. Já na Linha 1-Azul, a instalação será feita de março de 2023 a abril de 2024.

Ao todo, o novo circuito interno contará com 5.088 câmeras digitais de alta capacidade espalhadas por todas as estações das linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 15-Prata. São 2.600 novas câmeras em processo de instalação, 880 que serão instaladas pelo contrato de colocação das portas de plataforma em todas as estações, além de outras 1.600 digitais que já faziam parte do parque de monitoramento.

Helia Araujo

PUBLICA

Share this Article
Leave a comment
YGYGYGYGYGYGYGY (Copia)